contato@spnweb.com.br
(71) 3508-7739  |  99611-7114
Criação de Sites, Mídias Sociais, Loja Virtual, Merketing Digital
Marketing Digital, Consultoria digital, Adwords, SEO - Salvador Bahia
E-commerce, Loja virtual, Leads - Salvador Bahia
Criação de sites responsivos

Redes Sociais na eleições

Redes Sociais na eleições

 

Vereadores apostam nas redes sociais

 

Ferramentas como o Twitter e o Facebook são as mais utilizadas pelos
vereadores para divulgar ações de seus mandatos e se aproximar do eleitor.

 

Além dos discursos em plenário e dos comícios em época de eleição,
parlamentares querem intensificar uso da web


Ao invés de focarem suas expectativas legislativas e eleitorais apenas nos recorrentes discursos em plenário ou nos tradicionais comícios, vereadores de Fortaleza têm se dedicado ao convívio mediado por redes sociais como Facebook e Twitter. Na eleição de 2008, foram vários os postulantes que investiram nessas ferramentas para fomentar suas campanhas. Diante dos resultados, muitos se articulam agora visando o pleito deste ano.

Na Câmara Municipal de Fortaleza, o presidente Acrísio Sena (PT) propõe que os candidatos a vereador aproveitem as redes sociais para divulgar suas propostas neste ano, reduzindo a poluição visual e sonora causada pelo uso de pinturas nas paredes, cartazes e carros de som. A proposta ainda será debatida com os vereadores e os líderes partidários.



Como a legislação que rege as campanhas eleitorais é federal, abrangendo o território nacional, Acrísio pretende fechar um acordo com todas as agremiações que pleiteiam vagas na Câmara Municipal e na Prefeitura de Fortaleza.

 


Atualmente, cerca de 23 vereadores possuem perfis em redes sociais como o Twitter e o Facebook (as mais utilizadas por brasileiros). No entanto, poucos utilizam essas ferramentas com frequência. Entre os parlamentares que constantemente divulgam suas atividades nas redes, estão Acrísio Sena, Ciro Albuquerque (PTC), Eliana Gomes (PCdoB), João Alfredo (PSOL), Leonelzinho Alencar (PTdoB) e Salmito Filho (PSB).

Críticas

Nos perfis dos vereadores, é comum, por exemplo, a indicação de filmes e músicas, mas também a divulgação de seus projetos. Enquanto governistas procuram divulgar obras e ações da Prefeitura, a oposição tem procurado fazer críticas à gestão.

Um dos problemas na utilização dessas ferramentas pelos vereadores é a falta de interação com os eleitores, tendo em vista que, muitas vezes, os perfis dos políticos são, na verdade, administrados por assessores.


O vereador Ciro Albuquerque tem utilizado as ferramentas com frequência nos últimos meses para divulgar os problemas da Capital e criticar a atual gestão. Por outro lado, o vereador Plácido Filho se afastou das redes sociais desde setembro do ano passado.



O vereador João Alfredo já utiliza as ferramentas há dois anos. "Procuro, através desses instrumentos, prestar contas das atividades do mandato e também receber críticas e propostas. Tenho um Facebook meu e outro administrado pela assessoria e um Twitter meu", afirmou, lembrando que já utilizou as redes para mobilizar a população e colher assinaturas em defesa de algumas leis.


Embora quase a metade dos vereadores de Fortaleza ainda não tenha aderido ao uso das ferramentas, é crescente o número de políticos que tem procurado esses meios para tentar maior aproximação com os eleitores.


Qualificar



Por outro lado, deve-se ressaltar que os candidatos precisam ficar atentos à legislação eleitoral. "Nem tudo vai ser possível na internet. Todos nós devemos ter cuidado e estudar o que é e o que não é permitido".

 

O melhor para que deseja atingir bons índices e melhores resultados é trabalhar com empresas experientes e que conheçam o publico a quem deseja-se atingir.

 

Fonte: http://diariodonordeste.globo.com


Parceiros